Sala de imprensa

Schalter lança o primeiro terminal CUSS (Common Use Self-Service) fabricado no Brasil

29 de Junho de 2017

Após dois anos de desenvolvimento e investimentos de mais de U$ 300 mil dólares, a Schalter passou a fabricar no Brasil o primeiro terminal CUSS (Common Use Self-Service).

O terminal segue o padrão estabelecido pela IATA (International Air Transport Association), com a finalidade de permitir o uso compartilhado pelas companhias aéreas de terminais de autoatendimento nos aeroportos.

O compartilhamento de terminais elimina a necessidade de investimentos individuais por parte das companhias aéreas, na maioria dos aeroportos os terminais CUSS pertencem às operadoras dos aeroportos.

Cada vez mais o padrão CUSS se faz presente nos aeroportos brasileiros, podendo ser encontrados nos aeroportos de Guarulhos, Confins e Galeão.

O terminal desenvolvido pela Schalter foi projetado de forma a ser completo e capaz de proporcionar a melhor experiência ao usuário.

A empresa Rockwell Collins forneceu toda orientação para garantir que o quiosque atendesse ao padrão CUSS, o primeiro resultado desta parceira técnica e comercial surgiu com a certificação em Tulsa, nos EUA.

Com esse lançamento a Schalter passou a fazer parte do seleto grupo de fabricantes mundiais deste tipo de terminal junto com a EMBROSS (Canadá), NCR (EUA), IER (França) e SITA (Suíça).

O terminal da Schalter é um dos mais completos do mercado, possui leitor de passaporte fullpage, leitor de código de barras 2D, impressora de passagem, impressora de bagagem, segundo monitor e balança. Alguns módulos são opcionais, configuráveis de acordo com a necessidade do aeroporto.

De acordo com o Diretor Presidente, Valtuir Fraga Caetano, “A Schalter cada vez mais se destaca no Brasil como empresa líder em terminais de autoatendimento, e o lançamento deste produto mostra a nossa capacidade de produzir equipamentos com qualidade e tecnologia que nos permite concorrer com players internacionais.”.

A oportunidade mercadológica, para este modelo de terminal, é muito grande, visto que haverá nos próximos anos a modernização de muitos aeroportos brasileiros. Em março deste ano houve o leilão dos aeroportos de Fortaleza, Salvador, Florianópolis e Porto Alegre, o investimento mínimo dos futuros operadores projetado somente para estes quatro aeroportos juntos é de R$ 6,61 bilhões durante o prazo de concessão.

"Terminais CUSS acelera o processo de check-in, reduz filas e melhora a experiência do cliente”, disse Edson Bezerra, Diretor de vendas e desenvolvimento de negócios para Sistemas de Aeroportos da Rockwell Collins na América Latina. "Trabalhar com a Schalter nos permitirá prover soluções competitiva, fabricada no Brasil, tornando as muito mais acessível para os aeroportos".

 

Sobre a Schalter:

A Schalter é uma empresa nacional fabricante e fornecedora de soluções em autoatendimento e de CPU especiais (Mini PC, Thin Client). Fornece uma ampla plataforma de produtos e serviços, compreendendo desde a venda de hardware, o licenciamento de software até a prestação e serviços relacionados, tais como: Implantação, suporte e assistência técnica on site, monitoramento remoto, locação de equipamentos e outsourcing.

A experiência de 26 anos de atuação no desenvolvimento, fabricação e comercialização de produtos eletrônicos, permitiu a Schalter obter conhecimento e credibilidade para oferecer soluções customizadas para empresas de diversos setores e que se encontram em diferentes estágios de desenvolvimento e porte.

Atualmente a Schalter está presente com seus terminais em 24 dos principais aeroportos do Brasil.

http://www.schalter.com.br

 

Sobre a Rockwell Collins

Rockwell Collins é pioneira na concepção, produção e suporte de soluções inovadoras para clientes na indústria aeroespacial e de defesa. No setor aeroportuário tem (uma) presença global em mais de 1.000 aeroportos, incluindo metade dos 20 maiores do mundo. Sua expertise é reforçada pelo serviço global e de suporte de rede com abrangência em mais de 150 países.

http://www.rockwellcollins.com

 

 

Fontes: 

-Zero Hora

-Schalter