X X

Procurando por plataformas tecnológicas para agilizar seus processos?

Preencha o formulário que entraremos em contato

|

Fale Conosco +55 51 3346-3990

Telefone

BLOG

Por que as grandes redes estão investindo em autoatendimento?

No ano passado, marcas como Jeronimo, McDonald’s e Bob’s incorporaram totens de autoatendimento a algumas de suas lojas. Essa mudança é muito mais que uma estratégia de marketing e de renovação dos layouts das lojas.

Antes de definir se isto é uma tendência para o mercado, é importante entender o que está motivando essas redes a adotar novos procedimentos a suas operações.

A pergunta que todos querem ver respondida é se esta é uma tendência que vai tomar conta do mercado. Mas não é a pergunta mais importante a ser feita. Na verdade, a grande questão é entender porque grandes marcas do fast food estão mudando o seu modelo de atendimento.

Otimização da equipe

Com o direcionamento do pedido diretamente no terminal de autoatendimento para as áreas de operação, as lojas podem reduzir o volume dos funcionários que trabalham nos caixas, podendo ser realocados para atuar nas áreas de produção e/ou entrega dos pedidos.

Redução dos erros nos pedidos

Como o pedido é feito diretamente pelo cliente, o volume de erros é reduzido e assim, a loja reduz desperdício e aumenta a agilidade de toda a operação.

Redução dos pagamentos em dinheiro

O aumento dos terminais de autoatendimento amplia o conjunto de operações digitais. Isto facilita no fechamento do movimento no fim do dia da operação e reduz o dinheiro em espécie nas lojas, reduzindo gastos com transportadoras de valores.

Captura de dados

O uso destes terminais pode garantir uma maior captura das informações de dados dos clientes. Esse estímulo para a captura de um cadastro inicial pode ampliar o relacionamento da loja com o cliente e se transformar numa ferramenta de fidelização.

Aumento das vendas

Estudos apontam que o autoatendimento gera aumento nas vendas de 15% a 30%. Isto está em grande parte relacionado à possibilidade do consumidor otimizar seu pedido com mais agilidade e eficiência. Os terminais também podem sugerir produtos, com anúncios, e sugerir compras a partir de informações do sistema.

Muito mais que uma jogada de marketing ou uma forma de trazer modernidade para suas redes, as grandes marcas estão de olho mesmo é no faturamento. O autoatendimento aumenta a receita de vendas e reduz custos de operação. O sistema também potencializa o acesso à informações do cliente, uma preciosa ferramenta para ações de relacionamento.

Fonte: Blog Goomer

Palavras chave: Terminal de autoatendimento, Kiosk, Terminal de autoatendimento para fast food, Totem para restaurantes, Fast food.